...καί φυσάει τόν ανέμον της

Ask me anything   Rafaela, Brasiliana, Segno: Gemelli, 19. Lettere - USP (FFLCH).
Mi piaciono tantissimo i libri, i classici, anche i film.
Sono molto curiosa. Amo chiacchierare. Chiedi qualcosa.


Keira Knightley | photographed by Ellen Von Unwerth (2010)

Keira Knightley | photographed by Ellen Von Unwerth (2010)

(via detoliviabenson)

— 2 days ago with 19664 notes

iforgothowtonormal:

idk how and when but these makeup transformations are a thing now and they’re killing me

(via acrazyfandomgirl)

— 2 weeks ago with 54827 notes
lilu58:

babymadrid:

Never forget Marcelo’s struggle, and the moment when Ronaldo was completely done with his shit.

hahhaha

lilu58:

babymadrid:

Never forget Marcelo’s struggle, and the moment when Ronaldo was completely done with his shit.

hahhaha

(via noworriesdude)

— 2 weeks ago with 67625 notes

mattystanfield:

Michael FUCKING Fassbender

NEW YORK TIMES STYLE Magazine | 2009

Photography | Jean-Baptiste Mondino 

(via michaelfassyfastbender)

— 2 weeks ago with 175 notes

Sergio Ramos Magazine Men’s health.

Que saúde!

(Source: h-madrid, via noworriesdude)

— 2 weeks ago with 596 notes

noworriesdude:

ROBINHO EU TE AMOOOOOOO

— 2 weeks ago with 2 notes

queendanneelackles:

When I was upset or suffering from a terrible day, nothing cheered me up more, even for a minute, than watching this man’s films or watching his interviews online. There is no way you could not laugh or crack a smile and his comedic nature. Thank you Robin. 

(via noworriesdude)

— 3 weeks ago with 118168 notes

faantasmic:

"i’m free."

rest in peace, robin williams.

(via downeylove)

— 3 weeks ago with 241309 notes
A aranha e o porquinho

Bem, certo dia estava assistindo ao filme “A menina e seu Porquinho”, era a cena específica em que a aranha Charlotte dizia ao porquinho Wilbur que estava no fim de seus dias e que havia colocado seus 514 ovos num saquinho. Eu comentei esse cena, que foi bastante comovente, com amigos. Uma amiga se lembrou disso e me presenteou com o livro “A teia de Charlotte” de onde o filme foi baseado. Já havia visto em algum lugar que havia um livro, mas acabei esquecendo. Fiquei muito feliz com o presente e logo comecei a ler o livro.
É um livro infantil e muito bonito, que me remete imediatamente a obras como “As crônicas de Nárnia”, de C. S. Lewis e “Mestre Gil de Ham” e “Roverandom”, de Tolkien. O autor de “A teia de Charlotte” é o mesmo de “Stuart Little” que deu origem ao famoso filme do ratinho.
O livro, como já nos antecede na contracapa fala de amizade. Uma forma muito bonita e sincera de amizade e lealdade, que na verdade não é a da menina com o porquinho, mas da aranha Charlotte e o porquinho Wilbur. Com uma linguagem bastante simples e ao mesmo tempo muito informativo, que inclui anatomia de aranhas e outros animais, significado de palavras, descrições de estações do ano…
Também podemos ver a mudança humana, como com a garotinha Fern, que no começo da história só se importa com seu porquinho e com os amigos animais e no finalzinho está totalmente interessada em um garoto e não frequenta mais o estábulo, onde se passa a maior parte do enredo.
Esse é um livro que me fez chorar, mas não por que é triste, mas por que é delicado e te faz se apegar aos personagens.

— 3 weeks ago
#a teia de charlotte  #aranha  #porco  #wilbur  #a menina e o porquinho  #resenha  #text